Revista IBDFAM - Famílias e Sucessões - Edição 23

Para esta edição foram selecionados os seguintes artigos: “A improbidade conjugal na partilha de bens”, por Rolf Madaleno; Mário Luiz
Delgado analisa se “O cônjuge e o companheiro deveriam figurar como herdeiros necessários?”; Virgínia Arrais trata dos “Tipos de morte - Reflexo no Registro Civil”; “A priorização da guarda compartilhada tem atendido ao melhor interesse das crianças, dos adolescentes e da família mais democrática?”, por Dimas Messias de Carvalho; Andressa Tonetto Fontana analisa “A necessária proteção da pessoa portadora de autismo e a promoção de sua autonomia perante o Estatuto da Pessoa com Deficiência”. Na seção Parecer, Giselda Maria Fernandes Novaes Hironaka, José Fernando Simão e Flávio Tartuce apresentam questionamentos contrários ao anteprojeto das sucessões, disponível em: <http://www.ibdfam.org.br/ conteudo/anteprojeto_sucessoes>. Na seção Contribuição Estrangeira, Eline Tristão do Amaral Almeida
Mattar aborda o parto anônimo sob a égide da proteção integral da criança no Brasil e breves considerações no direito comparado.
Ainda nesta edição: jurisprudência e acórdãos selecionados acerca do Direito das Famílias e Sucessões.

 

     Ronner Botelho
Editor

Busca

Copyright © 2018 IBDFAM
Renderizado em 0.0152 segundos